comorosasdeareia

palavras...como "rosas de areia" ou "flores do deserto"...

sábado, outubro 29, 2005

fantasia.jpg


NOCTURNO


À noite vou por aí,
ociosamente.
Percorro um ritual lilás
feito de violetas de pedra
e traço cada pausa
no retorno da lua inicial.
Aqui a memória é lenta
como as angústias.
Muitas vezes vejo árvores
com frutos azuis,
ou animais em nudez perfeita

respirando o vento.

A escuridão é o subterfúgio
inesperado do coração
quando o olhar aquece
e o orvalho é de cetim.
Há máscaras de búzios e limos
na cara de quem passa.
Nas suas vozes ouço o itinerário
das manhãs siderais
e nasce nos meus passos
o rumo da via láctea.
Ninguém me conhece.
Venho do arco-íris
e trago nos dedos
o ângulo transparente da noite.

Graça Pires

9 Comments:

  • At 4:29 da tarde, Blogger lique said…

    Acho que é de noite que (nos) vemos melhor.
    Beijinhos e bom final de domingo, Maria

     
  • At 5:48 da tarde, Blogger JPD said…

    A noite é sempre qualquer coisa de extraordinário.
    Bjs

     
  • At 11:50 da tarde, Blogger wind said…

    A noite é mágica. Mais um bonito poema desse poetisa:) beijos:))***

     
  • At 11:18 da tarde, Blogger Å®t_Øf_£övë said…

    Maria,
    À noite todos os sentimentos se potencializam.
    Gostei de te ler.
    Continuação de boa semana.
    Bjs.

     
  • At 7:11 da tarde, Anonymous Márcia said…

    Concrdo com Lique: à noite nos vemos melhor.

    Beijazul de primavera, amiga.

     
  • At 5:03 da tarde, Anonymous manuel said…

    "venho do arco iris/ e trago nos dedos/ o ãngulo transprente da noite..."

    Grato, Maria. Pela beleza destes versos. Beijos

     
  • At 5:48 da tarde, Blogger M.P. said…

    É neste percurso que rumamos até nós! :) Tudo de BOM! Até breve! **

     
  • At 8:14 da tarde, Anonymous zezinho said…

    Faço minhas as palavras da Lique.
    Um beijinho para ti.

     
  • At 12:11 da manhã, Blogger M.P. said…

    Olá. Só para dizer que estou de malas feitas para partir para o "Palavrejando" ... :) **
    http://palavrejando.blogspot.com

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home