comorosasdeareia

palavras...como "rosas de areia" ou "flores do deserto"...

domingo, maio 21, 2006



A PALAVRA

A palavra é uma estátua submersa, um leopardo
que estremece em escuros bosques, uma anémona
sobre uma cabeleira. Por vezes é uma estrela
que projecta a sua sombra sobre um torso.
Ei-la sem destino no clamor da noite,
cega e nua, mas vibrante de desejo
como uma magnólia molhada. Rápida é a boca
que apenas aflora os raios de uma outra luz.
Toco-lhe os subtis tornozelos, os cabelos ardentes
e vejo uma água límpida numa concha marinha.
É sempre um corpo amante e fugidio
que canta num mar musical o sangue das vogais.

António Ramos Rrosa

11 Comments:

  • At 1:43 da tarde, Blogger wind said…

    Belíssimo!:) beijos

     
  • At 5:17 da tarde, Blogger Manel do Montado said…

    Gostei, uma boa leitura para uma tarde de Domingo cinzenta.
    beijo

     
  • At 8:09 da tarde, Blogger fotoaprendiz (M.P.) said…

    Só um Poeta consegue exprimir o Significado e a Emoção que está para além de um registo de som num conjunto de letras a que se designou chamar "palavra"!
    Espero que esteja tudo bem contigo!
    Vou fazer os possíveis por ser mais assídua por aqui! Um beijinho, Maria! :)

     
  • At 9:50 da tarde, Blogger JPD said…

    Olá maria

    Belo poema do ARR.
    Uma delícia!
    Bjs

     
  • At 10:53 da tarde, Blogger lique said…

    Poema extremamente belo. A palavra tem tantas vezes esse carácter fugidio e mágico, como se nunca fosse exactamente aquilo que queremos que seja. Como se tivesse vida própria.
    Beijinhos

     
  • At 11:46 da tarde, Blogger herético said…

    Sabe-se lá donde a palavra provem...

    sabe-se apenas que nos cativa
    nos seus multiplos sentidos esquivos...

    tocar-lhe nos "subtis tornozelos" é o máximo que o poeta pode aspirar...

    belas, sempre! as tuas escolhas...

    beijos

    manuel

     
  • At 3:55 da tarde, Blogger jorgesteves said…

    Um bonito poema do R. Rosa!...
    amizade,
    jorgesteves

     
  • At 8:45 da tarde, Blogger herético said…

    Deixo um beijo. Boa semana...

     
  • At 4:28 da manhã, Anonymous batista filho said…

    Que belo canto sobre a palavra!
    Grato por essa partilha.
    Deixo o meu abraço fraterno.

     
  • At 12:24 da tarde, Blogger herético said…

    saudadesde te ler...

     
  • At 12:37 da manhã, Anonymous Márcia said…

    adoro ARR: belíssimo!
    beijo de lua cheia, Maria.

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home