comorosasdeareia

palavras...como "rosas de areia" ou "flores do deserto"...

sexta-feira, fevereiro 18, 2005

sol3.jpg


NEVOEIRO


Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,


Define com perfil e ser


Este fulgor baço da terra


Que é Portugal a entristecer


— Brilho sem luz e sem arder,


Como o que o fogo-fátuo encerra.


Ninguém sabe que coisa quer.


Ninguém conhece que alma tem,


Nem o que é mal nem o que é bem.


(Que ânsia distante perto chora?)


Tudo é incerto e derradeiro.


Tudo é disperso, nada é inteiro.


Ó Portugal, hoje és nevoeiro...


É a Hora!


Fernando Pessoa


"Mensagem"

8 Comments:

  • At 11:28 da manhã, Blogger lique said…

    É a hora, de facto! De mostrarmos o que queremos e o que não queremos. De fazermos nosso este país. Beijinhos

     
  • At 3:14 da tarde, Blogger Nilson Barcelli said…

    Bela escolha.
    E, neste fim-de-semana, é a Hora de mudar e de correr de vez com alguém (pelo menos para mim).
    Beijinhos e bfs.

     
  • At 4:54 da tarde, Blogger lunar said…

    Tenho tanta pena de não ser optimista!
    Tenho um pouco de vergonha, mas por mais que me esforce, não consigo!

     
  • At 8:26 da tarde, Blogger Márcia Maia said…

    Beijo. E que sejam bons, os novos rumos.

     
  • At 10:33 da tarde, Blogger wind said…

    Nda amais actual para o dia 20.) bjs

     
  • At 6:27 da tarde, Blogger Nilson Barcelli said…

    E foi a hora, de facto, tal como disse no meu primeiro comentário.
    Quase que não podia ser maior...
    Beijinhos e boa semana.

     
  • At 10:57 da tarde, Blogger JPD said…

    Olá maria!
    Nem fazes ideia como vem a propósito este poema do livro editado por Jose Gil «PORTUGAL HOJE -- MEDO DE EXISTIR!»
    um grande beijinho!

     
  • At 12:57 da tarde, Blogger manuel said…

    "que farei eu com esta espada?!
    ergueu-a e a espada fez-se!"...

    F. Pessoa - in Mensagem

    será que Pessoa votou?

    beijos, Maria

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home