comorosasdeareia

palavras...como "rosas de areia" ou "flores do deserto"...

quinta-feira, janeiro 12, 2006



INSULAR

Entre o outono e a neve

construí uma ilha

e deixei correr nos meus olhos

a véspera de um rio

e a linguagem absurda das ideias

com identidade suspeita.



Na vertente do corpo

havia um lugar frágil,

onde o cheiro das maçãs

se transformava em orvalho

e as mãos escorregavam

pelo lado morno da voz,

até à represa de um chamamento azul.



Vim do lado sul

de todos os caminhos

que vão dar à sede.



Conheci a turbulência

de um verão intacto

e desenhei a curva

incontornável da lua cheia.

Graça Pires


10 Comments:

  • At 10:43 da tarde, Blogger wind said…

    Perante este magnífico poema, com um genial "jogo" de palavras estou siderada:) beijos

     
  • At 10:57 da tarde, Blogger ernesto esteves said…

    Olá Maria,
    Muito obrigado pela tua visita ao meu cantinho.
    Deixo aqui, mais uma vez, o meu apreço pelo teu trabalho.~
    Um beijo ;)

     
  • At 11:57 da tarde, Blogger JPD said…

    Eis mais um poema extraordinário da Graça Pires.
    Gostei muito.
    Bjs

     
  • At 12:11 da tarde, Anonymous zezinho said…

    Bom dia Maria.
    Adoro as tuas escolhas. E já tenho efectivamente saudades tuas.
    Tem um bom fim de semana querida

     
  • At 5:25 da tarde, Blogger Manel do Montado said…

    (...) Vim do lado sul

    de todos os caminhos

    que vão dar à sede.

    Espectacular escolha e excelente o remate do poema.
    Beijo

     
  • At 3:14 da tarde, Anonymous Márcia said…

    Vim do lado sul
    de todos os caminhos
    que vão dar à sede.


    eu também. eu também.

    beijo grande, Maria.

     
  • At 4:35 da tarde, Blogger lique said…

    Um poema prenhe de uma beleza inquieta. Belíssimo.
    Beijinhos, Maria, e uma boa semana

     
  • At 11:32 da tarde, Blogger manuel said…

    "entre o outono e a neve" me quedo na "curva incontornável da lua cheia". Beijos

     
  • At 8:56 da tarde, Blogger M.P. said…

    Já há algum tempo que não vinha aqui, Maria!Venho deixar-te um olá e dizer-te obrigada por mais um "post" tão bonito!Espero que esteja tudo bem contigo! :)**

     
  • At 6:30 da tarde, Blogger Junyx said…

    Encontrei teu blog por acaso...
    adorei os textos..
    lindo poema...

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home