comorosasdeareia

palavras...como "rosas de areia" ou "flores do deserto"...

segunda-feira, novembro 01, 2004

amantes.bmp


De amor nada mais resta que um Outubro
e quanto mais amada mais desisto:
quanto mais tu me despes mais me cubro
e quanto mais me escondo mais me avisto.

E sei que mais te enleio e te deslumbro
porque se mais me ofusco mais existo.
Por dentro me ilumino, sol oculto,
por fora te ajoelho, corpo místico.

Não me acordes. Estou morta na quermesse
dos teus beijos. Etérea, a minha espécie
nem teus zelos amantes a demovem.

Mas quanto mais em nuvem me desfaço
mais de terra e de fogo é o abraço
com que na carne queres reter-me jovem.

Natália Correia In O Sol nas Noites e o Luar nos Dias, II

9 Comments:

  • At 3:36 da tarde, Blogger frog said…

    Olá!

    Este poema da Natália é lindissimo! Intenso... Cada palavra toca-nos como uma carícia e ao mesmo tempo reflecte o parodoxo de uma paixão sublime na alma e submissa na entrega! Mas são assim as paixões...

    Fica com um beijo

     
  • At 3:46 da tarde, Blogger wind said…

    Natália Correia era divinal. Este poema é só mais um a mostrar a forma de paixão (dar e tirar). Lindo! beijos:)**

     
  • At 4:07 da tarde, Blogger LetrasAoAcaso said…

    Gosto de toda a obra da Natália.
    Trouxeste-nos um pouco dela, Maria e imperou o bom gosto que já todos te reconhecemos.
    Um beijo, Amiga

     
  • At 1:22 da manhã, Blogger Márcia Maia said…

    Divino!
    Um beijo.

     
  • At 1:22 da manhã, Blogger Márcia Maia said…

    Divino!
    Um beijo.

     
  • At 11:50 da tarde, Blogger manuel said…

    a maturidade dos dias e amores de Outubro! como Natália os sabias desfrutar, uns e outros!

    belissimo, pois claro!

    beijos saudosos, Maria

     
  • At 11:23 da tarde, Blogger lique said…

    Que belo e intenso poema de Natália Correia! Tu enches-nos a alma de poesia. Beijinhos

     
  • At 5:15 da tarde, Blogger M.P. said…

    OLá, maria.. Já há um tempo que não vinha por aqui... Tenho tido pouco tempo mas... este poema... WOOOW!!!
    Natália Correia é ASSIM! Depois de ter lido fiquei de Alma cheia! :)**

     
  • At 11:34 da tarde, Blogger JPD said…

    Uma delícia este poema da Natália, maria.
    Bela escolha.
    Bjs

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home