comorosasdeareia

palavras...como "rosas de areia" ou "flores do deserto"...

domingo, janeiro 21, 2007


POEMA DESTINADO A HAVER DOMINGO

Bastam-me as cinco pontas de uma estrela
E a cor dum navio em movimento
E como ave, ficar parada a vê-la
E como flor, qualquer odor no vento.

Basta-me a lua ter aqui deixado
Um luminoso fio de cabelo
Para levar o céu todo enrolado
Na discreta ambição do meu novelo.

Só há espigas a crescer comigo
Numa seara para passear a pé
Esta distância achada pelo trigo
Que me dá só o pão daquilo que é.

Deixem ao dia a cama de um domingo
Para deitar um lírio que lhe sobre.
E a tarde cor-de-rosa de um flamingo
Seja o tecto da casa que me cobre

Baste o que o tempo traz na sua anilha
Como uma rosa traz Abril no seio.
E que o mar dê o fruto duma ilha
Onde o Amor por fim tenha recreio.



Natália Correia

14 Comments:

  • At 12:28 da tarde, Blogger wind said…

    Belíssimo este poema de Natália Correia:)
    Devias postar mais vezes, porque as tuas escolhas são sempre lindas:)
    beijos:)**

     
  • At 12:38 da tarde, Blogger Amaral said…

    Natália Correia é uma referência que não vai perder-se no tempo.
    A sua poesia era directa e plena. Ela encerrava tudo o que era a sua verdade! Sem receios nem hesitações...
    É bom vê-la neste domingo de Sol!

     
  • At 10:34 da tarde, Blogger Frioleiras said…

    É bom rever Natália Correia , hoje !

     
  • At 11:10 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Onde se prova mais uma vez q

     
  • At 11:10 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Onde se prova mais uma vez q

     
  • At 11:10 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Onde se prova mais uma vez q

     
  • At 11:10 da tarde, Anonymous Anónimo said…

    Onde se prova mais uma vez q

     
  • At 11:12 da tarde, Anonymous henrique doria said…

    Onde se prova, mais uma vez, quão grande poeta era a Natália. Beijos, Maria.
    PS: p.f. apaga estes comentários anónimos que são o início deste.

     
  • At 11:30 da manhã, Blogger vida de vidro said…

    Tão bonito este poema! Eu, que nem gosto de domingos, imagino-os assim... **

     
  • At 3:50 da tarde, Blogger herético said…

    beijo Maria. excelente Natália. e bom sabê-la viva. aqui e agora

     
  • At 3:50 da tarde, Blogger herético said…

    beijo Maria. excelente Natália. e bom sabê-la viva. aqui e agora

     
  • At 9:13 da tarde, Blogger JPD said…

    Lindo, lindo, lindo!
    Bjs

     
  • At 4:17 da tarde, Blogger Nilson Barcelli said…

    Belíssima escolha a que fizeste.
    Gosto da poesia da Natália Correia.
    Beijos.

     
  • At 11:36 da tarde, Anonymous Maria Lúcia said…

    Sacos para o pão, centros de mesa, aventais - tudo isto feito à mão, por uma pessoa que tem bom gosto e imaginação.
    Se fores ver, não te arrependerás!

     

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home